DÉCADA DE SEGURANÇA DO TRANSITO

Década de Ação pela Segurança no Trânsito 2011-2020

Logotipo Década de Ação

A Década de Ação pela Segurança no Trânsito 2011-2020, lançada em 2011 na Organização das Nações Unidas, propõe que governos de todo o mundo se comprometam a tomar novas medidas para prevenir os acidentes no trânsito, que matam cerca de 1,3 milhão de pessoas por ano, e é a nona causa de mortes em todo o mundo. Além disso, os acidentes no trânsito ferem de 20 a 50 milhões de pessoas a cada ano. Em muitos países, os cuidados de emergência e outros serviços de ajuda às vítimas do trânsito são inadequados.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) coordenará os esforços globais ao longo da Década e vai monitorar os progressos a níveis nacional e internacional. A agência também vai oferecer apoio às iniciativas que têm objetivos como a redução do consumo de bebidas alcoólicas por motoristas, o aumento do uso de capacetes, o uso do cinto de segurança e a melhoria dos atendimentos de emergência.

O Brasil apoia a Década com o Pacto Nacional pela Redução dos Acidentes no Trânsito – Pacto pela Vida, desenvolvido pelos Ministérios da Saúde e das Cidades. A meta é estabilizar e reduzir o número de mortes e lesões em acidentes de transporte terrestre nos próximos dez anos, uma vez que o Brasil é um dos países com mais casos de acidentes viários.